sOccket: a bola de futebol que gera energia.

Padrão

Depois de mais uma semana acompanhando notícias das barbaridades que os humanos são capazes, descubro uma notícia daquelas que te fazem sorrir e acreditar que ainda dá pra ter fé na humanidade.

Quatro engenheiras desenvolveram uma bola de futebol que gera energia. Só 15 minutos geram 3 horas de energia limpa.

Jessica Lin, Jessica Matthews, Julia Silverman e Hemali Thakkar, são as inventoras deste projeto maravilhoso que vou explicar melhor.

Tudo começou lá em 2008, quando as garotas ainda estavam na universidade. Sabendo que muitas crianças africanas iam para a escola com o rosto sujo de fuligem por terem estudado na noite anterior sob a luz de uma lamparina a querosene, que é altamente poluente e prejudicial à saúde, durante o curso de engenharia na Harvard, elas pensaram numa forma de solucionar este problema energia de forma sustentável através de uma brincadeira comum entre estas crianças: o futebol.

Ao se brincar com a bola, ela capta energia cinética de suas colisões, que normalmente é perdida para o ambiente. Isso é feito por meio de uma bobina indutiva e um ímã que estão dentro da bola. O movimento da bola, por sua vez, movimenta o ímã através da bobina metálica, alterando o campo magnético, que induz uma voltagem na bobina, gerando assim energia. A energia produzida ao se jogar uma pelada durante uns 15 minutos pode manter acesa uma lâmpada LED (Light Emitting Diodes) durante cerca de três horas ou carregar a bateria de um aparelho de telefone celular.

Genial! Fantástico! Gerando energia de forma sustentável, divertida e colaborativa.

O nome do projeto vem da junção das palavras soccer (futebol em inglês) e socket (soquete, conector para ligar a uma tomada).

O projeto recebeu vários prêmios e apoio financeiro para produção em escala. A cada sOccket adquirida, uma é doada a uma família que não possui energia elétrica em casa. Em diversas regiões do mundo muitas famílias não possuem energia elétrica e utilizam como alternativa lâmpadas a querosene, geradores movidos a diesel, madeira e carvão. Num dos infográficos do site apresenta que além dos danos ao meio ambiente, estas alternativas causam a morte de 1,6 milhões de pessoas. Por ano.

Se é ‘A’ solução para a crise de energia, eu não sei, mas vai ajudar muitas famílias com certeza.

Vai solucionar problemas sociais como escravidão infantil nas minas de carvão e funilarias? Não, mas alguém está produzindo algo realmente útil, pensando no coletivo e em prol de uma causa social.

Conheça mais sobre o projeto: http://www.soccket.com.

Vale o click e dá um orgulho danado!

Deixo um vídeo com a Jéssica Mathews apresentando este projeto:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s