Bate papo sobre saudades e momentos incríveis

Padrão

Voltei a estudar sobre comércio eletrônico por conta do novo trabalho e escrevendo um breve histórico sobre o BPEC (Bate papo sobre e-commerce) lembrei de vários momentos incríveis:

  1. Como conheci a Lígia Zeppelini, essa pessoa fantástica que tanto me inspirou e motivou a realizar as edições do BPEC;
  2. As pessoas e profissionais fora de série que conheci por causa do BPEC;
  3. Na Geisa de 2011 e a Geisa de 2015;
  4. Que devo urgente fazer um backup dos eventos que já fiz e não depender de um único sítio (nos meus e-mails tenho registro de uma 10ª edição, mas só encontrei links até a 9ª);
  5. Que eu preciso voltar a promover estes encontros, unir e reunir pessoas ainda este ano!
  6. Spoiler: provavelmente, o Papo Business e o Clube do Livro Salvador voltam, em ao menos +2 edições cada!

Aqui um breve histórico das edições do Bate papo sobre eCommerce Salvador: http://geisasantos.com/projetos/bate-papo-sobre-ecommerce/

Eu vendo, tu vendes, todos vendemos. Parte II

Padrão

No post anterior transcrevi um relato de Raúl Candeloro, editor chefe da revista VENDA MAIS.

Ao fim do seu relato cada assinante da e-zine recebeu o seguinte pedido:

Essa lembrança me deixou curioso para conhecer sua história. Guida, como foi sua primeira venda? Qual foi a grande lição que você aprendeu com ela? Escreva para nós, envie um e-mail para: leitor@vendamais.com.br e conte-nos sua primeira experiência em vendas.

Minha relação com vendas começou quando eu tinha por volta de 10, 11 anos. Minha “vozinha” (avó) estava me ensinando alguns pontos em crochê para criar roupas mais apresentáveis para minhas bonecas. Eu sempre inventava roupas e modelos em papel ou retalhos e costurava nas bonequinhas peitudas, pernudas e loiras da cintura fina.

Fiquei fissurada na técnica do crochê que acabava levando para o colégio o kit com linhas e alguns acessórios já feitos, inclusive vestidos em uma boneca. Minhas coleguinhas adoraram e comecei a fazer algumas peças para minhas amiguinhas. Continue lendo